NOVOS MUSEUS NOVOS PERFIS PROFISSIONAIS

  • Maria Madalena Cordovil Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias

Resumo

A recente Declaração de Caracas considera no seu ponto 6 que a "profissionalização do pessoal dos museus é uma prioridade que esta instituição deve encarar como premissa para contribuir para o desenvolvimento integral das populações" (p. 13). A esta recomendação subjaz a ideia de que a formação do museólogo deve "torná-lo capaz de desempenhar as tarefas interdisciplinares próprias do museu actual, ao mesmo tempo que dotá-lo dos elementos indispensáveis para exercer uma liderança social, uma gestão eficiente e uma comunicação acertada" (id. p. 13).

Ora, este novo perfil profissional dos trabalhadores dos museus proposto pelos participantes do Seminário de Caracas, supõe, igualmente, a existência de um "novo Museu".

Antes de definir o perfil do novo museólogo impõe-se, então, percorrer a história mais recente da museologia e verificar quando, de que maneira e que circunstâncias determinaram que o conceito de Museu tivesse sido alterado, bem como os novos conteúdos que tal conceito integra hoje.

Como Citar
Cordovil, M. M. (1). NOVOS MUSEUS NOVOS PERFIS PROFISSIONAIS. Cadernos De Sociomuseologia, 1(1). Obtido de https://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/469