Representações permeáveis: Sentimento e embate ideológico

Resumo

Sob argumentos objetivistas de comunicação, os discursos do poder reproduzem sua ideologia pelas diversas camadas e estruturas sociais, que consciente ou inconscientemente, o incorporam. Por trás deste manto de imparcialidade vive a normalização da violência e sua consequente permanência no cotidiano. Estabelecer as subjetividades da emoção e do sentimento como parte de um processo de conscientização política, permite posicionarmos a Sociomuseologia/Museologia Social lado a lado com as práticas comunitárias, incluindo a fotografia. Discute-se aqui, sob estes conceitos, a importância desta abertura da esfera pública na reparação de memórias dolorosas, que abrem caminho na inversão das narrativas históricas.

Palavras-chave: Representação, Ideologia, Museologia, Sociomuseologia, comunicação.

Publicado
2020-08-31
Como Citar
Godoy, H. (2020). Representações permeáveis: Sentimento e embate ideológico. Cadernos De Sociomuseologia, 60(16), 81-99. https://doi.org/10.36572/csm.2020.vol.60.05