Conselho de turma: organização, liderança e autonomia

  • Maria de Fátima Dias dos Santos Saloio Agrupamento de Escolas de Santa Catarina
  • Juan A. Morales-Lozano Universidade de Sevilha

Resumo

A necessidade de conhecimento e reflexão sobre a organização, liderança e autonomia do Conselho de Turma (CT) face à escola atual, na perspetiva dos seus diferentes atores, é assumida como condição indispensável ao processo de desenvolvimento e melhoria. Conscientes de que o CT poderá ser o centro e o motor de mudanças significativas, apresentamos o nosso estudo que teve como objetivos: Conhecer o trabalho do CT; Questionar as condições para o exercício da liderança pelo diretor turma e/ou coordenador de equipa; Comparar a autonomia e funcionamento do CT com o exercício das equipas educativas. O estudo desenvolve uma metodologia mista (questionário, entrevistas e grupos de discussão), a uma amostra obtida a partir do universo de dois agrupamentos de escolas, aos quais paralelamente se desenvolveu o benchmarking, e centrando as questões de investigação em três grandes eixos: Organização, Liderança, Autonomia. Os resultados obtidos confirmam a importância do CT como peça chave na organização administrativa e pedagógica no sistema educativo português, concluindo-se a dificuldade de o substituir por equipas educativas enquanto prevalecer esta estrutura. A liderança do DT tem influência direta no funcionamento do CT. O CT tem na autonomia consentida, a causa e a consequência para a dificuldade do seu funcionamento.


Palavras-chave: conselho de turma; organização; liderança; autonomia.

Publicado
Jun 1, 2017
Como citar
SALOIO, Maria de Fátima Dias dos Santos; MORALES-LOZANO, Juan A.. Conselho de turma: organização, liderança e autonomia. Revista Lusófona de Educação, [S.l.], v. 35, n. 35, june 2017. ISSN 1646-401X. Disponível em: <http://revistas.ulusofona.pt/index.php/rleducacao/article/view/5917>. Acesso em: 21 july 2017.