A educação e formação de adultos (1999-2010): a progressiva importância da educação e formação para a competitividade

  • Paula Guimarães Universidade de Lisboa

Resumo

Neste artigo discuto a política pública de educação e formação de adultos, em resultado da adopção do S@ber+. Programa para Desenvolvimento e Expansão da Educação e Formação de Adultos 1999-2006, após 1999, e da Iniciativa Novas Oportunidades, depois de 2005. Estes documentos são objecto da análise de conteúdo; são igualmente efectuadas referências a Programas de Governo e legislação. A discussão das finalidades da política pública que podem ser encontradas nestes textos é efectuada a partir de três modelos de análise de políticas públicas que incluem dois eixos, um educativo e um político, aqui destacado, que privilegia a intervenção do Estado na educação de adultos. As considerações finais apontam para uma crescente influência da União Europeia na política pública de educação e formação de adultos, nomeadamente para um destaque na relação entre educação/formação e políticas de emprego, no que às prioridades concerne, o que denota a valorização de princípios de educaçãoe formação para a competitividade, a retracção do Estado neste campo de práticas e a responsabilização dos adultos pelas suas opções e percursos deaprendizagem.

Palavras-chave: educação e formação de adultos; políticas públicas; educação e formação para a competitividade.

Publicado
May 17, 2013
Como citar
GUIMARÃES, Paula. A educação e formação de adultos (1999-2010): a progressiva importância da educação e formação para a competitividade. Revista Lusófona de Educação, [S.l.], v. 22, n. 22, may 2013. ISSN 1646-401X. Disponível em: <https://revistas.ulusofona.pt/index.php/rleducacao/article/view/3282>. Acesso em: 12 nov. 2019.