Atração e recrutamento de estudantes internacionais em Portugal: políticas nacionais e institucionais

Resumo

O artigo explora as políticas e as estratégias nacionais e institucionais de recrutamento de estudantes internacionais em Portugal, mediante a análise de documentos políticos e de entrevistas semiestruturadas com representantes de duas universidades. Os resultados sugerem uma intensa atividade a nível político, que se concretiza não apenas em mudanças legislativas, mas também na coordenação a nível nacional e na mobilização de um conjunto articulado de organizações que atuam no sentido de aumentar a atratividade de Portugal face aos estudantes estrangeiros. Do ponto de vista institucional, verifica-se, também, que as universidades analisadas são atualmente proactivas no recrutamento destes estudantes, embora ainda não de um modo sistemático e articulado. Aproveitando a vantagem proporcionada pela língua portuguesa, as universidades parecem estar a explorar um nicho de mercado constituído quer pelos estudantes da lusofonia, quer por outros interessados em aprender a língua, sobretudo os estudantes oriundos da China.

Palavras-chave: recrutamento; estudantes internacionais; políticas nacionais; estratégias institucionais

Publicado
2020-06-24