Internacionalização da educação superior: tensões, cenários e estratégias nos casos Brasil e Espanha

Resumo

 

O presente artigo apresenta reflexões decorrentes da realização de estágio pós doutoral que objetivou conhecer experiências sobre o processo de internacionalização da educação superior no Brasil e Espanha, considerando objetivos, estratégias e tensões. Para tanto, foi realizada revisão bibliográfica e analisados documentos relevantes sobre o tema, a exemplo da proposta da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) através do Edital nº 41/2017, disponível na WEB Capes (2017) e o documento Estrategia para La Internacionalización de las Universidades Españolas 2015-2020. A teoria de campo científico de Bourdieu nos possibilitou ver que as estratégias utilizadas para a internacionalização da educação superior, mais acentuadas nos tempos atuais, se inserem também no jogo de lutas pelo poder e pelo monopólio da autoridade científica entre instituições acadêmicas nacionais e internacionais.

Palavras-chave: internacionalização; educação superior; campo científico.

 
Publicado
2021-01-30